Pesquisar no Blog

Não existe Família sem Trabalho

Postado por Roberto Marques,

"Mas, se alguém não tem cuidado dos seus e principalmente dos da sua família, negou a fé e é pior do que o infiel." (1Tm 5.8).

A família é a base da sociedade. Podemos dizer que sem família não há sociedade. Mas é verdade também que somente pode haver família se houver trabalho. Porque é por meio do trabalho que obtemos os meios necessários para sustentá-la. Por isso, Deus criou a instituição do trabalho antes da do casamento (Gn 2.15-18). A vida familiar é edificada sobre o fundamento do trabalho. A família é uma comunidade somente tornada possível pelo trabalho.

O salário é uma recompensa pelo trabalho executado. O dinheiro é muito importante para a manutenção da família. Não existe casa, alimentação, vestuário, remédio, Bíblia, escola e carro sem ele. Viver (e morrer) custa dinheiro. “Os conselheiros de casais observam que a causa número um do divórcio é o conflito financeiro.”1 O dinheiro é fonte de muitas tentações (Lc 12.16-21), mas também é fundamentalmente um bem (Lc 10.7). Assim como o apego excessivo (1Tm 6.17), a falta de dinheiro é um mal (1Ts 4.10-12).

Assim diz o Senhor: “Que entre ti não haja pobre” (Dt 15.4). A pobreza não é a vontade de Deus. Como a doença, a pobreza é um desvio dos propósitos do Pai para Seus filhos. Deus não nos criou para a escassez, para a fome, para a miséria. A Bíblia diz que o Senhor se agrada com a prosperidade de Seus servos (Sl 35.27).

O Senhor também diz: "Se alguém não quer trabalhar, também não coma" (1Ts 3.10). A vontade de Deus é que Seus filhos trabalhem, andem em dignidade e não passem dificuldades financeiras nem materiais (2Ts 3.1-12). O apóstolo Paulo chega a afirmar que o crente que é negligente com suas obrigações familiares “tem negado a fé e é pior do que o descrente” (1Tm 5.8).

1.Mike Murdock. Os segredos da liderança de Jesus. Central Gospel, 2007, p.47.

Related Posts with Thumbnails