Pesquisar no Blog

Cristãos no Trabalho

Postado por Roberto Marques,

“Portanto, tudo o que vós quereis que os homens vos façam, fazei-lho também vós, porque esta é a lei e os profetas” (Mt 7.12).

      Como cristãos, temos um dever para com aqueles que ainda não conheceram a Cristo. O nosso trabalho é um local onde podemos cumprir o "Ide" de Jesus (Mc 16.15,16).
      O apóstolo Pedro exorta aos cristãos a manterem uma vida exemplar para com os não-crentes, para com as autoridades e para com quem prestamos serviços (1Pd 2.11-25). Em 1 Tessalonicenses 4.11,12, Paulo deu instruções gerais sobre como os cristãos devem proceder no trabalho: (1) Levar uma vida tranqüila; (2) Cuidar do seu próprio negócio; (3) Trabalhar com as próprias mãos; (4) Andar corretamente para com os não-cristãos; e (5) Não precisar viver às custas de ninguém. Essas instruções podem ser facilmente aplicadas pelos trabalhadores cristãos hoje.

O cristão como trabalhador (Ef 6.5-8; Cl 3.22-25; 1Tm 6.1-3; Tt 2.9,10):
1. Obedeça aqueles que estão acima de você;
2. Trabalhe com o devido respeito e boa vontade para com o seu patrão;
3. Trabalhe com sinceridade e de coração, como ao Senhor e não aos homens;
4. Não trabalhe somente quando o patrão está olhando, ou apenas para agradá-lo;
5. Demonstre que você é de confiança e tem responsabilidade.
      Ao fazer isso, você estará adornando a doutrina de Deus, nosso Salvador.
      Conselhos complementares para os trabalhadores podem ser encontrados na sabedoria de Salomão como, por exemplo, em Pv 12.24; 22.29. Aqueles que seguem essas orientações não apenas agradam ao Senhor, mas provavelmente serão muito bem sucedidos em seu trabalho.

O cristão como gestor (Ef 6.9; Cl 4.1;Dt 24.14,15; Pv 22:16; Jr 22.13-17; Ml 3.5):
1. Lembre-se que você tem um chefe no céu;
2. Trate seus empregados com justiça e equidade;
3. Não oprima ou explore aqueles que estão sob seu poder;
4. Não recorra a ameaças e constrangimentos;
5. Pague os salários em dia.
      Aplicando a regra de ouro de Mateus 7.12, você terá uma gestão adequada e duradoura. Seu trabalho será apreciado, tanto por aqueles que são geridos por você como aqueles para quem você trabalha.
      No entanto, como cristãos, nossa objetivo não é apenas fornecer o serviço honroso, mas para incentivar as pessoas glorificar a Deus (1Pe 2.12). Isso levanta outra questão: o evangelismo no local de trabalho

O cristão como evangelista (Mc 16.15,16; 1Pe 2.12; 3:1-2; Ef 4.29; 5.4; Cl 4.6; Cl 4:5):
1. Como cristão, você devemos buscar e salvar o perdido.
2. Não se esqueça do poder de um bom exemplo
3. Não deixe seu discurso trair a sua profissão de cristão;
4. Saiba considerar o melhor uso do seu tempo no trabalho;
5. Não discuta questões espirituais no seu ambiente de trabalho;
6. Procure relacionar conversas informais em oportunidades de estudos bíblicos;
7. Não coloque a culpa da sua negligência profissional no seu zelo espiritual.
      Trabalhar é mais que ganhar o pão de cada dia. Trabalho é mais que realizar serviços, processos ou produtos. Seu trabalho é uma oportunidade maravilhosa para servir ao Senhor, impactando positivamente a vida de outras pessoas.
      Faça da sua profissão, emprego ou negócio uma oportunidade para alcançar outros para Jesus Cristo.

Related Posts with Thumbnails