Pesquisar no Blog

Fé não é privilégio de ninguém

Postado por Roberto Marques,

A fé não é privilégio de ninguém. A fé não é exclusividade de nenhuma denominação religiosa. A fé é um princípio divino que está à disposição de todo crente em Jesus Cristo.

“A fé é a firme confiança daquilo que se espera e a convicção daquilo que não se vê”, escreveu o apóstolo Paulo (Hb 11.1). Jesus resumiu a fé da seguinte maneira: “Não duvidar em seu coração, mas crer que acontecerá o que diz” (Mc 11.23 - NVI). O elemento "religião" não entra na definição de fé.

Se você visitar os santuários católicos; se visitar as igrejas protestantes; se visitar as congregações pentecostais; se visitar os templos neopentecostais; chegará a conclusão de que a fé não faz acepção de corrente religiosa.

Qualquer cristão pode beneficiar-se do poder da fé, seja qual for sua denominação religiosa, ou mesmo que não esteja vinculado a nenhuma formalmente.

Certa vez, o discípulo João chamou a atenção de Jesus para um homem que, não sendo Seu seguidor, estava expulsando demônios em Seu nome. Jesus lhe disse: “Não o proibais, porque quem não é contra nós é por nós” (Lc 9.49,50; cf. Mc 9.38,39; At 5.38,39).

Existe somente um Nome que responde a fé da pessoa. As várias denominações cristãs não se opõem, não se contradizem, não se ofendem, mas conduzem àquele Nome que é sobre todos os nomes: JESUS CRISTO.

Já as visões, os métodos, os etilos, os ritmos, os modus operandi, as estratégias, as técnicas, os rituais e as fórmulas que levam a Cristo são muitas. A igreja católica utiliza esquema diferente da igreja protestante, que por sua vez difere da igreja pentecostal, e assim por diante.

Entretanto, sempre que o nome de JESUS CRISTO é invocado, o milagre acontece.

Related Posts with Thumbnails