Pesquisar no Blog

Como Arrumar Trabalho Num Mundo Sem Emprego

Postado por Roberto Marques,

“Enquanto a terra durar, sementeira e sega, [...] não cessarão” (Gn 8.22).

Enquanto existir mundo, existirá trabalho. Essa promessa é para todos nós hoje também.

Até o século XIX, com a Revolução Industrial, o trabalho era realizado de forma autônoma, não existia o que conhecemos como “emprego fixo”. Durante o século XX as noções de “trabalho” e “emprego” se confundiram. Trabalhar passou a significar “estar empregado”. O século XXI trouxe a Reengenharia (fazer mais com menos), a Globalização (abertura de fronteiras internacionais) e as Inovações Tecnológicas (informática e robotização), responsáveis pelo grande enxugamento dos postos de trabalho.

O século XX passou para a história como a “Era do Emprego”. O século XXI já esta sendo chamado de “A Era do Empreendedorismo”. Celebrados gurus, escritores e palestrantes do mundo dos negócios, afirmam:

“Empresas do futuro terão como forte característica serem ‘sem-empregados” (Dino Carlos Moscsányi, 1999).
“No mundo moderno, o emprego formal não é a única maneira de ganhar a vida nem será a mais abundante daqui para a frente” (José Pastore, 2000).
“Empregos estáveis em grandes empresas é coisa do passado” (Tom Peters, 2003).
“Cada vez mais teremos pessoas jurídicas atuando nos projetos das empresas” (Ira Matathia (2004).

Se por um lado o emprego “sumiu”, por outro “aparecem” novos modos de trabalhar: Trabalho Autônomo, Pequenas Empresas, Empresas Familiares, Associações ou cooperativas, Redes, Pólos, Consórcios ou Shoppings Centers. Idéia de negócio é que não faltam: Pequenos Sítios Rurais, Pequenas Indústrias Caseiras, Venda Direta, Disque Serviços, Kit Solução, Telemarketing, Comércio Eletrônico, “Personals”, Reciclagem, Artesanato, Promoção de Eventos, Licenciamento de Personagens, Franquia, ONGs e OSCIPs, Turismo Rural, Comunidades Sustentáveis.

Pesquisas apontam que “em um futuro próximo apenas 25% da população economicamente ativa conseguirá registro na Carteira de Trabalho”. A Tendência Geral é o Auto-Emprego: cada um tendo que gerar seu próprio trabalho, ser agente do seu próprio negócio, patrão de si mesmo. Muitos trabalhadores já vivem essa nova realidade: SER SEU PRÓPRIO PATRÃO.

No novo mundo, a informação terá influência direta no salário do trabalhador. Menos conhecimento, menor salário. O salário poderá ser: fixo; formado de uma parte fixa e outra variável, conforme os resultados do negócio; ou Comissionado, isto é, todo o seu salário dependerá do que você produzir ou vender. Isso não significa obstáculo, incapacidade ou fracasso pessoal – o trabalho no novo mundo será assim mesmo.

O crente em Jesus precisa ter uma visão ampliada do que é Trabalho. Trabalho é mais que “emprego”. Trabalho é mais que “concurso público”. Trabalho é toda forma de Geração de Renda existente na comunidade.

No século XXI o trabalho não desaparecerá, estará mais em alta do que nunca! Segundo Jesus Cristo, o Mestre dos mestres, o trabalho não vai acabar (Mat 24. 40,41; Lc 19.12,13).

Related Posts with Thumbnails