Pesquisar no Blog

Trabalhador: viver no Oceano ou no Aquário?

Postado por Roberto Marques,

"Eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância." (Jo 10.10)


O ser humano não foi criado para ser prisioneiro e viver com pouco. Se o pecado trouxe a escravidão e a escassez , Jesus veio trazer liberdade e fartura. A vida abundante deve ser algo natural na vida do cristão.

Pergunte a qualquer indivíduo, homem ou mulher, criança ou adulto, o seguinte: “Se você fosse um peixe, gostaria de viver no oceano ou num aquário?” A resposta unânime sempre será: “no oceano, é claro!”. O principal argumento para a escolha do oceano sempre será “o maior espaço”, “a maior liberdade”, “as melhores possibilidades”. Por que, então, as pessoas insistem em viver como “peixes em aquários”, presos, seguros, limitados, vivendo de migalhas quando poderiam ter tudo.

O risco no trabalho sempre existirá. Não existe vida sem risco. Não existe sucesso sem risco. O ditado nos ensina: “Quem não arrisca, não petisca”.

O peixe no oceano está sujeito aos predadores naturais, aos barcos de pesca, aos ataques dos de sua própria espécie, a luta pela sobrevivência. Mas, sem dúvida alguma, a vida no oceano é a vida que o peixe “deve viver”. Peixe não foi feito para viver em aquário - limitado, dependente, comendo ração -, por mais bonito que seja o aquário. Não é verdade?

O povo de Israel queria se libertar da escravidão do Egito, mas não estavam dispostos a pagar o preço da liberdade. Então, diante das incertezas do deserto, quiseram retornar à escravidão. Preferiram as chibatadas com as migalhas destinadas aos escravos a se aventurarem no desconhecido para alcançar as delícias da terra de Canaã.

O lugar em que você está faz a diferença. O ambiente profissional importa muito. Talvez seja necessário você mudar de local de trabalho para alcançar o sucesso que deseja.

Related Posts with Thumbnails